PSORÍASE

Psoríase é uma doença inflamatória da pele que pode atingir também unhas, mucosas e articulações. Sua ocorrência é relativamente comum, e caracteriza-se por um quadro crônico e cíclicos, com períodos de exacerbação e melhora.

Não existe uma causa específica para o aparecimento de psoríase, mas, sabe-se que fatores genéticos, imunológicos e ambientais estão envolvidos. A presença estresse, obesidade, consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo também podem desencadear ou piorar o quadro.

As lesões de psoríase se caracterizam por manchas vermelhas com escamas na superfície. Encontramos também alterações como pele ressecada, unhas espessas, edema e rigidez nas articulações. O diagnóstico da psoríase é clínico, associado a exames subsidiários, como anatomopatológico e exames de imagem. O tratamento deve ser individualizado, de acordo com a gravidade do quadro.

Em casos leves, a hidratação da pele, o uso de medicações tópicas e a exposição solar, são suficientes para o controle das lesões. Já nos casos moderados a graves, necessita-se a associação de medicações sistêmicas, via oral ou injetável, e fototerapia com luz ultravioleta A e psoraleno (método PUVA) e luz ultravioleta B de banda estreita, com menores efeitos adversos, sendo que essa última pode ser utilizada em gestantes.

A psoríase tem um impacto na qualidade de vida e na auto-estima, sendo assim, a qualquer sinal de lesão de psoríase procure um dermatologista para o diagnóstico precoce e início do tratamento.