TOXINA BOTULÍNICA

A toxina botulínica é utilizada em dermatologia para prevenção e atenuação das linhas de expressão, correção de assimetrias da face e diminuição da produção de suor, quando sudorese excessiva. A toxina age na musculatura do local onde é aplicada, sendo indicada principalmente na face: testa e regiões periorbitárias (pés de galinha).

Pode-se também ser aplicada para corrigir a assimetria causada pela paralisia facial, melhorar o contorno da face, diminuir as rugas perilabiais e da pálpebra inferior dos olhos, corrigir o sorriso gengival e elevar da ponta nasal. Outras indicações de toxina botulínica incluem enxaqueca e cefaléia tensional.

A aplicação da toxina é realizada através de uma agulha muito fina após o uso de anestésico local. Os pontos de aplicação são determinados individualmente de acordo com a necessidade e padrões de rugas apresentados. Os cuidados após aplicação incluem não realizar movimentos intensos da mímica facial, não massagear o local de aplicação, não abaixar a cabeça e não deitar até 04 horas após o procedimento.

Os efeitos da toxina se iniciam com 03 dias da aplicação, sendo o efeito máximo obtido em 15 dias. A duração da toxina botulínica varia de 4 a 6 meses, a depender de cada pessoa, sendo que o procedimento pode ser repetido e continuado. A toxina botulínica é ainda hoje uma excelente terapêutica de rejuvenescimento, sendo que o seu uso pode ser associado a outras técnicas como preenchimentos, lasers, peelings, obtendo assim resultados ainda mais promissores.